Certamente você já ouviu falar sobre o famoso Festival de Sopas do CEAGESP. Eu já ouvia há tempos os comentários dos amigos sobre a tal sopa gratinada do CEASA. Eles tinham razão! Lógico que todo o lugar que é bom e tradicional em SP há sempre uma fila básica, mas esta meu amigo, não é básica: 2 horas de fila! Exatamente… 2 horas! Confesso que a organização do local poderia ser melhor, mas fica a dica para a melhoria nas próximas edições.

Bom, vamos ao que interessa! Logo na entrada você é recepcionado com uma farta mesa de queijos e antepastos, ao lado, um balcão com uma excelente carta de vinhos para todos os gostos e bolsos, por mim a noite já poderia terminar ali, vinhos e queijos, perfeito! Este serviço da mesa de queijos e antepastos, é cobrado a parte, por kg.

Para participar do Festival de Sopas você paga o valor de R$ 29,90 por pessoa (sopa, queijo ralado, salsinha, pães, alho frito e calabresa picadinha a vontade), muito bem pago a meu ver. O cardápio é alterado semanalmente, e é claro que voltarei mais vezes. Dessa vez foram as seguintes sopas: abóbora com carne seca, creme de pinhão com cream cheese, mandioquinha com badejo, frango com quiabo e claro, a sopa de cebola gratinada. Confesso que torci o nariz (coisa que vocês já estão acostumados a ler aqui), mas experimentei todas! Me surpreendi com a qualidade e o sabor de cada uma, mas as favoritas foram: abóbora com carne seca e cebola gratinada, ambas extremamente saborosas e cremosas, sopa que remete comida de vó na infância.

Para fechar a noite pedi o tão famoso doce: merengue de morangos! Sem palavras para esta super sobremesa, veja a foto e… Morda (literalmente) de Inveja!

*Dica de amiga: Chegue logo no início ou bem tarde para evitar ficar 2 horas na fila.
De 14 de maio a 24 de agosto. Corram, porque passa rapidinho! 

Festival de Sopas CEAGESP: Avenida Dr. Gastão Vidigal, 1.946, Portão 4 – São Paulo/SP.
Quarta, quinta e domingo das 18h00 às 00h00 / sexta e sábado das 18h00 às 02h00.
Recomendado por Camila Ramos [que acredita que vale a pena a espera interminável na fila]


Deixe seu comentário